Galinha Caipira

| 6 Comentários

Da seção “lugares de Conquista”:

Hoje nosotros fomos rangar uma velha galinha caipira, no restaurante “encontros” (acho que é esse o nome, ali no bairro Recreio. Galinha bacana, se bem que não é melhor que a de Anagé.
O pitoresco da coisa é uma pimenta que os cara tem, mó jeitão de guacamole, mas muito boa mess. Só um detalhe: os caras não tem refrigerante que não seja da Coca. Tinha Schweppes, mas fiquei na dúvida, um refrigerante cujo nome não consigo pronunciar só pode ser coisa de americano… Aí desisti, já ia tomar uma Smirnoff Ice em pleno meio-dia, mas o tio lá me salvou, fazendo um suco de abacaxi. É, prosaico, mas deu pra rebater a pimenta-com-cara-de-guacamole. O amigo que foi comigo pediu Coca. Chato fazer um boicote sem ninguém dando apoio, e tal… Bando de fia-da-mãe sem costume…

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

6 Comments

  1. Rapaz, a pimenta mais forte que conheço é a servida na cantina da Prefeitura. Já almocei no Encontro algumas vezes e a comida realmente é muito boa. Em tempo: acho que a Schweppes não é americana; e ela consta no Guinness Book por ter feito a maior garrafa de limonada do mundo, com mais de 2 mil litros do suco…

  2. Ah, bom… tomara que não seja, o nome é legal de falar: SCHWEPPES!!!!!!!! Parece o som de um peteleco! SCHWEEEEEEEEEEPPPPPESSSSSS! 🙂

  3. O esquema é comer Xinxim de bofe!!!

  4. Esse, sim, é insuperável mesmo… 🙂

  5. Meu Deus… :o)
    Acho que a Schweppes é australiana. Segundo o Guinness, a garrafa gigante (que tinha mais de 3m de altura e comportava 2250 litros de limonada, chequei agora) foi feita na Austrália.

  6. gostei do site

Deixe um comentário...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: