No velho mundo

| 5 Comentários

Estou no velho mundo desde hoje às 6 da manhã. E já tenho coisas pra contar:

1 – Mil atrasos de vôo. Atrasou o vôo da TAM, cheguei tarde em SP, tive que pagar taxi pra ir pra Cumbica. Em compensação, o vôo pra Madrid adiantou, e o que saia de Madrid atrasou. Resultado: era pra ficar 2 horas em Madrid, fiquei quase 5. Pior: sem um euro no bolso. Pior ainda: não havia UMA máquina de tirar dinheiro. Pior: eu estava, digamos, desarranjado intestinalmente com a porra da comida da porra da Ibéria, que além de me tratar mal, me roubou um sonho: o de um dia copular com uma aeromoça (ou comissária de bordo, como agora são chamdas). Vai contratar tanta baranga assim na casa do caralho… A propósito, se estou escrevendo palavrões demais é porque comprei no aeroporto de SP o livro “O Meu Pipi”, que contém os textos do melhor blog desde sempre… A versão brasileira, pasmem, não ficou ruim. Mas estou tegiversando…

2 – Em Madrid, sem dinheiro, sabendo que iria ficar mais tempo, quis sair da área de trânsito a fim de sacar algum money. Não deixaram. MERDA. Nunca tinha sido barrado antes pra fazer essas coisas. Me senti uma meleca.

3 – Zurique é um capítulo à parte: a imigração durou exatos 10 segundos. Cams estava lá, maravilhosa, me quebrando um galhão. Mas a porra da mala era muito pesada, e soltou rodinha, rasgou, o caralho… Aí na estação de trem eu não aguentava carregar a mala e, quando aguentava, ficava com vergonha com o metal que sustentava a rodinha raspando no chão, quase soltando faíscas. Cams ligou prum radiotaxi, já que aqui não tem taxi em todo o canto. Me veio um motorista que devia ser de algum lugar ou do golfo pérsico ou do paquistão, e não falava inglês. Era ele falendo alemão (Cams jura que, pelo telefone, o homem não falava alemão) e eu, tentando falar alemão e saindo norueguês, parecendo um débil mental. São coisas. Mas cheguei bem. E quero tanto um banho…

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

5 Comments

  1. Ufa, que bom que chegou!!!!
    Aproveite suas férias 🙂
    Bjs.

  2. Calma Meu Jovem:

    1) As coisas se ajeitam 😉

    2) Se a mala esta assim na ida, imagine na volta… 🙂

    3) Espanhois sao muito arrogantes mesmo.

    4) Compartilho (nao necessariamente com voce presente 😉 ) do seu sonho com a comissaria de bordo.

    Curta bastante por ai e mande sempre noticias para nos, pobre mortais, que ficamos por aqui.

    []s,
    Zebrao.

  3. ah eu sou uma vagabunda total nos areoportos, eu lembro que em Sp indo para New York demorou 2 horas para embarcar e tinha uma fila enorme e nem uma cadeira! que nada deitei no chão com minha mochila e li um livro pq sair daquela fila eu nao ia e ficar desconfortavel num lugar que ninguem me conhecia tb nao rsss

    pior que fiquei 4 horas dentro do aviao pq houve um traffic jam na pista….
    isso seria o tempo da metade da viagem….foi ruim

    mas pelo menos vc ta são e salvo neh?

    em relação aos areomoças do JAL, eram japonesas bonitinhas mas elas me assutavam, tinha sempre um sorriso enorme na cara.

    queria eu ser tao alegre…

  4. oh veizin,

    quanta lamuria, hein? aproveite a vida, tomara as coisas sejam diferentes a partir de agora. torço por vc. volte a salvo e com o coração tranquilo…

  5. A história começou sem nada a dever ao filme O Terminal…
    O lado bom é que o filme tem um final feliz.
    Boa viagem, curta bastante! E poste muitas fotos no Flickr! 😉

Deixe um comentário...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: