Perdão

| 4 Comentários

Tá, hoje é dia de Mea Culpa.

Antes dele, porém, um relato: que feriado interessante… decidi fazer regime, cansei de ficar vendo filme no laptop sob o barrigão. Iniciei o dito traçando uma pizza quatro queijos no almoço… Merda. Ontem à noite tracei um Turbo no Lisboinha, além de um pacote de Cheetos® e Cebolitos®. Piadinha infame: se existe o Cebolitos, por que não tem o “Cascãozitos”, o “Moniquitos” e o “Magalitos”? eheheh Como tenho me exposto à execração pública ultimamente…

Enfim, o Mea Culpa:
Eu queria pedi perdão pra você, e você sabe quem você é. Você me amou, disse isso, e demonstrou. Você, apesar dos anos, não deixou de me amar (talvez o tenha, não sei). Meu pedido de perdão por não ter te amado da mesma forma, nem por não ter compreendido a sua dor. Hoje eu a compreendo, e acho que essa dor só pode ser compreendida por quem a sente. Eu me afastei de você, porque não queria te magoar, sabendo que não poderia retribuir seu amor daquela forma. Ainda acho que foi melhor assim, embora quem sou eu pra saber o que é certo e o que é errado? Já passei pelo que você passou, eu deveria saber melhor. A merda é que me importo com você, é que você é uma das pessoas mais lindas, generosas e amáveis que já conheci, e, embora mantendo a mesma distância porque não quero te magoar, fico aqui, torcendo para que tudo dê certo contigo, assim como está dando, e esperando que um dia possamos ser amigos de verdade. Mas te prometo uma coisa: para honrar o amor que você me dedicou e que eu não soube aproveitar, eu não vou mais nunca desperdiçar o meu com quem não o retribui da mesma forma. Não vou mais dá-lo a quem não o quer. Nem a quem preferiu alimentá-lo para depois revelar que seu coração estava no passado, com outra pessoa, derramando-o no chão que nem vinagre vencido. Vou amar como você. E respeito tudo o que você me deu. E te amo muito. Você me perguntava por que era tão difícil. Eu sabia a resposta. Hoje já não sei. Só sei que falta muito pouco para o dia em que você me olhe de solslaio dizendo “já passou”, porque sua vida está destinada à coisas melhores. E não sei se vou gostar disso, mas, de uma coisa eu tenho certeza: saber que você está feliz será, sempre, minha felicidade.

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

4 Comments

  1. que lindo isso…

  2. O comentário acima foi meu!! O seu nick ficou gravado aqui desde que vc usou da última vez… ;o)

    Sábado tem praia!!! :o))))

  3. POrque mesmo eu tendo mudado o seu nome volta a aparecer sempre???? O que vc fez com esse computador????? Está possuído!!!

    CArla

  4. Bom, eu não me lembro de ter possuído esse computador, a não ser, é claro, que ela seja fêmea, ou seja, uma computadora… 😀 Mas, caso a tenha possuído, terá sido com consentimento dela, ordinária que é… aquele sonzinho do Windows iniciando foi um convite maroto à luxúria, aquele gemido do ventilador uma demonstração de que foi bom pra ela também… eheeheheheh

Deixe um comentário...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: