A Nike

| 3 Comentários

Nunca gostei da Nike. Aliás, tirando a Apple, nunca gostei de marcas. Elas rotulam, dão a idéia de que você deve adquirir produtos dela para se destacar, se diferenciar, por mais paradoxal que isso seja, já que, ao usar uma marca, você apenas se iguala a todos os outros…

Portanto, sempre evitei tênis que fossem caros ou de marca. Porém, como já disse, a Apple é a exceção a essa minha regra anti-vaidade. E como a Apple fez uma parceria com a Nike, por causa do tal kit Nike+ iPod, eu resolvi respirar fundo, juntar as economias e comprar um tênis compatível com a bagaça. Raro de se achar, por sinal, já que não estão vendendo muitos deles no Brasil. Mas a Netshoes vende o modelo Air Max Moto IV+, compatível. Eles vendem outros, tipo o Air Max 180, que é o que eu queria, mas disseram que não é compatível, mesmo constando no site da Nike que é. Coisas da globalização.

Fui experimentar o tênis ontem e, senhores, confesso: nunca pensei que um par de tênis fosse fazer tanta diferença. Correr foi mais prazeiroso. Senti menos o impacto, o tênis é muito macio, etc…

Já tenho o tal sensor, agora só estou esperando chegar o iPod nano encomendado, do novo, de 8gb. E a fatura do cartão de crédito, recém controlada, voltou ao descontrole. Mas eu sou brasileiro, não desisto nunca… 😀

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

3 Comments

  1. iPod novo… Inveja (DO BEM!!!), seu sobrenome é Henning!
    [:D]
    Na verdade, queria muito ter essa feluma emocional que vc tem… Bons dias os meus de Scrooge…
    Beijo!

  2. Onde se lê feluma, leia fleuma.
    Copydesk a essa hora da manhã nem rola… [:D]
    Beijim!

  3. Também sempre fui contra marcas, sempre achei bobagem. Afinal, eu poderia comprar por $70,00 um tênis com os mesmos benefícios de um nike de $360,00, porém sem a bendita marca.
    E não é que, num certo dia, precisando de um tênis, resolvi comprar o tal nike (o mais baratinho, não chegava a $100,00). E não é que aquela porcaria é macia mesmo. E o pior é que já estou pensando em pegar nike da próxima vez.
    Uma dica aos que ainda não pularam para o lado negro da força: não experimentem a droga, logo depois da primeira vez já vicia, e seu cartão sentirá as conseqüências!

Deixe um comentário...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: