Importar o Kindle sem impostos

| 2 Comentários

Caramba, fico muito admirado quando advogados vão à luta por causas cujo valor econômico nem sempre é enorme, mas que constituem uma resposta aos desaforos que somos obrigados a suportar por viver em um país com crise de identidade.

Essa crise de identidade reflete-se nessa coisa do país querer se modernizar, mas com carga tributária que desestimula a aquisição de bens de consumo de alta tecnologia. Mas sobre isso escrevo depois.

O que interessa é que o colega Marcel Leonardi conseguiu na justiça liminar que o livrou de pagar impostos na compra de um Kindle. E mais: com um altruísmo digno de aplausos, divulgou a “receita de bolo” no seu site.

Autor: oculos

the guy who writes here... :D

2 Comments

  1. Eu até pensei em entrar com uma ACP na Justiça Federal a esse respeito, mas a jurisprudência impede o MP de ajuizar ACPs em matéria tributária. Mas nada impede que alguma associação de defesa dos direitos do consumidor (ou a OAB) ajuíze uma, beneficiando toda a população.

  2. Eu penso que, na verdade, deveria ser criada uma associação de defesa do acesso aos bens tecnológicos. Pode parecer coisa meio burguesa, mas longe disso: a idéia é que a população tenha acesso fácil a bens de consumo que impliquem em inclusão tecnológica. As associações de defesa dos direitos do consumidor, como você disse, poderiam encampar uma ACP, mas talvez não exista demanda, não sei…

Deixe um comentário...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: